Celebrar é a arte de viver de novo!

Estamos iniciando o mês de maio dedicado a Maria, onde podemos celebrar, grandes festas na vida da Igreja e da nossa Congregação. É sabido e experimentado por todas/os a situação de calamidade de pandemia que vive o mundo. Celebrar não é ser indiferente à dor do sofrimento humano ou do planeta, mas, é sobretudo dizer que a morte não tem a última palavra e nem ação sobre nós. Celebrar é imbuir-se da alegria, do entusiasmo que nos torna fortes discípulas missionárias.

Leia a íntegra

Print Friendly, PDF & Email